Buscar
  • Rede + Comunicação

Programa Orgulho de Pertencer faz sucesso na UVS Revita Salvador


Uma das principais riquezas geradas pela UVS Revita Salvador é a promoção do desenvolvimento humano e profissional do colaborador e outras iniciativas de melhoria da relação colaborador/empresa. E foi para reforçar esta riqueza que o setor de Recursos Humanos das UVS baianas desenvolveu o Programa Orgulho de Pertencer. O programa tem o objetivo de criar uma relação mais próxima com a família dos colaboradores, filhos, cônjuges, pais.

Na primeira ação realizada na Revita Salvador, recebemos a visita de 23 filhos de colaboradores operacionais, administrativo e da manutenção, com faixa etária de 14 a 22 anos. Os jovens foram recepcionados pelo Gerente da UVS, Marcelo Azevedo, que ressaltou a nobreza do papel executado pelos pais dos convidados, e o quanto são importantes para a sociedade. A seguir foi a vez da equipe de RH promover uma oficina de construção de currículos, seguido de um bate-papo com o CIEE que explicou a importância do programa de Jovem Aprendiz e realizou o cadastro dos participantes. Por fim, os jovens conheceram as dependências da UVS e bateram papo com representantes de diversos setores.

“Gostei muito de passar essa manhã com vocês, gostei das dicas, de conhecer a empresa parte por parte e, se antes eu já me orgulhava de meu pai, agora me orgulho mais ainda”, contou Emily, filha do Fiscal Operacional, Luciano. Já para a colaboradora Jucimara dos Santos, mãe de Aislan que participou do encontro, “a oportunidade dada pela Revita para nossos filhos é muito importante, pois o primeiro emprego é sempre mais difícil”.

“Temos pensado sobre as riquezas que geramos para UVS e para sociedade. E por que não começar com os funcionários? Foi nesse intuito que criamos o programa Orgulho de Pertencer. Receber um pouco do conhecimento, conhecer a UVS que seu pai ou mãe trabalha, entender a importância e valor do trabalho que seus pais realizam...com certeza proporciona grande satisfação e orgulho em fazer parte dessa grande família Solví”, destacou Fabiana Coelho, Coordenadora de Gestão de Pessoas. Este foi apenas o primeiro encontro, serão necessárias novas turmas para os jovens devido à grande procura. Além disso, em junho, está previsto um encontro com os filhos de 4 a 13. Aguardem!


0 visualização