Doutor Responde

O que é o coronavírus?


O que o coronavírus? O Coronavírus é um vírus de uma família de vírus que causam infecções respiratórias, existem outros tipos de coronavírus que já existem e até já provocam um resfriado, infecções parecidas há muito tempo só que esse, em especial, é um coronavírus novo que nunca apareceu, nunca infectou humanos, então por isso que há essa preocupação toda, porque é um vírus que ninguém nunca teve e ninguém apresenta imunidade.

E como ocorre a transmissão por coronavírus?

A transmissão já foi amplamente divulgada aí na imprensa, é como um resfriado, como todo tipo de resfriado, gotículas de saliva quando você tosse, quando você espirra, ou quando você tem o contato com o vírus em uma superfície, você põe a mão nessa superfície e leva essa a mão à boca, ao nariz, aos olhos, trazendo o vírus pra dentro do seu corpo. Pela pele não tem evidência de que haja contágio pela pele. É só realmente a entrada no corpo. Pela pele, o contato que você encostou em mim eu não vou pegar coronavírus, só se eu levar a mão até a boca, até os olhos, até o nariz.




Quais cuidados devemos ter em casa?


Então em casa, quais os cuidados que a pessoa tem que ter? Digamos que eu tenha um parente, uma pessoa que contraiu o coronavírus. O que eu preciso fazer em casa?

Na medida do possível tentar isolar essa pessoa, ela vai ficar num quarto separado, se puder ter um banheiro separado e, assim, as roupas que usa serem pegas com uma luva, colocadas num saco para ir para lavagem. É assim, evitar o contato com essa pessoa e com os utensílios que ela manuseia. No caso da possibilidade, a janela sempre aberta, deixar arejado o ambiente, para deixar aquele acúmulo de que ela vai tossir, vai espirrar e vai saturar aquele ambiente com o vírus.




Podemos tomar a vacina da gripe?


E com relação à Vacina da Gripe?

Tem muita gente que fala: “ah, não vou tomar a vacina porque a vacina pode complicar em relação ao coronavírus...”

O que isso tem a ver? Toma a Vacina da Gripe ou não toma?

O que acontece é que, geralmente, a vacinação é feita na época em que geralmente tem o resfriado. Então a pessoa fala “eu tomei e fiquei resfriado!” É difícil você convencer as pessoas de que isso é mentira, você não pega resfriado de tomar a vacina.

E o que acontece também é que essas infecções que a gente pega geralmente, isso é assim, é resfriado. A gripe mesmo, pra que a vacina é feita, como a H1N1, ela tem consequências graves, leva à morte. Então tem gente que fala assim: “Tomei vacina, mas peguei gripe do mesmo jeito.” Você não pegou gripe, você pegou um vírus mais “fraquinho”, entendeu? A vacina realmente te protege do que é mais sério.

Então a recomendação é de que as pessoas se vacinem mesmo. Mesmo porque, é o que eu disse, como está acontecendo uma epidemia desse outro vírus – resfriado, Influenza, junto com o coronavírus, muita gente está procurando o serviço, como esses casos que a gente está acompanhando que ficou isolado e não era nada do coronavírus, e vai procurar o serviço de saúde e vai se isolar, achando que é o coronavírus.

Então, quem tiver imunizado, a chance também de não pegar doença nenhuma nesse período, então já minimiza mais também a procura ao Serviço de Saúde, sem contar que as gripes para as quais as vacinas são feitas, podem também levar à necessidade de um cuidado maior, de uma internação até.




Quanto tempo a pessoa precisa ficar em isolamento?


E, desde o momento em que ela apresentou os sintomas e foi então para quarentena, ficar isolada.

Quanto tempo essa pessoa precisa ficar em isolamento?

Então, a recomendação do Ministério da Saúde foi de 14 dias, porque o período de incubação, geralmente é em torno de a partir de 2 dias. Então, se tirou uma média que, em torno de 14 dias ela vai poder aparentar ou não, os sintomas. O que acontece, a orientação que é dada é que a pessoa apresentou os sintomas, que no início são iguais de qualquer resfriado, ela vai ficar nesse isolamento e, se ela tiver algum agravo, esse isolamento é como se maneja o caso inicial. Então, esse período é para pessoa não ir também à toa procurar o serviço de saúde, porque, o que a gente tem notado, na maioria dos casos é que esses sintomas, esses resfriados leves, eles estão se curando em menos. Então a pessoa já está sem sintomas, sem febre, zero de sintoma, com certeza não foi essa infecção e ela já está bem. E ela não se expôs a ir num serviço público e ela já está bem. Então as duas coisas: se ela estiver, ela não vai lá transmitir e, se ela não tiver, ela não vai lá pegar também.




Quais são os cuidados para os trabalhadores da limpeza?


E para os nossos colaboradores, do serviço de limpeza, em especial os garis, existe um risco maior que eles tenham o contágio?

Pelo o que temos observado, e também pela característica do trabalho, não se observou um risco maior dessa categoria, porque eles trabalham, geralmente, na coleta, de maneira um longe do outro, eles trabalham de luva, pegam o saco de lixo, geralmente, fechado. Quer dizer, ele não tem um risco maior do que ninguém da população. Ele tomando esses cuidados de higiene que as empresas estão proporcionando: álcool gel, orientação na lavagem das mãos, na higiene em geral, ele não corre nenhum risco além do que qualquer outra pessoa e, no seu dia-a-dia de trabalho, acredito que menos do que a pessoa que lida com o público, ele não tem o contato direto, no dia-a-dia próximo com população, com o público, com aglomeração.

Então, se formos estar num grupo de pessoas, quais as recomendações que o senhor passaria?

As recomendações são, como eu já disse: nunca é demais reforçar e todo mundo já está cansado de ouvir falar. É evitar aglomeração; manter uma distância de, no mínimo, 1 metro, 1 metro e pouco das pessoas que você convive ou conversa, como nós estamos agora, dessa mesma maneira, seguindo o protocolo, evitando o contato; lavando muito as mãos, assim, exaustivamente, com uma frequência grande, porque eu não estou em contato com você, mas você está contaminada, passou esse vírus pra mão, pôs a mão aqui, eu peguei ou você pegou numa caneta, depois cocei, coloquei o dedo na boca ou nos olhos, quer dizer, então, a maior preocupação além da distância, por causa das gotículas que podem vir diretamente, é a lavagem das mãos de forma constante.

Então, a recomendação é lavar as mãos com frequência, a utilização do álcool gel, certo?

Outra coisa, também, que é muito simples, e a gente tem que tentar até acostumar, é tocar as coisas o menos possível, maçaneta, é tocar com a mão que não é dominante, você é destro, você não vai lá pegar com a mão direita, você tenta com a mão esquerda, porque o normal é você levar a mão direita para os olhos ou para boca. Então, também, o ideal seria não colocar as mãos, não é? Cotovelo e toda essa orientação. Mas é uma coisa que é só um pontinho a mais na prevenção.




O vírus pode ficar na roupa ao pegar o ônibus?


Doutor, tire uma dúvida pra mim, por favor. Para as pessoas que pegam ônibus e têm contato com outras pessoas dentro no ônibus, é verdade que o vírus fica na roupa ou isso é mito? É verdade, o vírus pode ficar na roupa sim. Por isso, é importante, quando chegar em casa, tirar ela para lavar e evitar ter contato, pôr as mãos nessa roupa que você usou no trabalho.




Podemos contrair o coronavírus em qualquer local?


Doutor é verdade que a gente pode contrair esse vírus, coronavírus, em qualquer parte, ambientes ou locais, como chaves, maçanetas ou corrimões? É verdade, o vírus pode ficar em qualquer tipo de superfície, em algumas ele vive mais tempo em outras menos tempo. Por isso é importante lavar as mãos e usar álcool gel sempre que tocar em alguma superfície ou objeto.




Se uma pessoa com boa imunidade contrair o vírus, consegue se curar sozinho?


A minha dúvida é saber se a pessoa, o ser humano, se ele contraiu o vírus do coronavírus, ele consegue curar sozinho? Com a saúde perfeita, ele não tem asma, diabetes. E como ele sabe se ele contraiu essa doença? É na verdade, a maioria das pessoas apresenta doença de uma forma leve, que não dá complicação, isso porque a imunidade do corpo está boa, então ele consegue combater o vírus, e você sabe que pegou a doença de acordo com os sintomas que estão divulgados aí na mídia: você vai ter febre, dor de cabeça, dor de garganta, tosse seca, e quando tiver complicação pelo comprometimento dos pulmões, você vai ter uma falta de ar mais intensa.




Como eu faço pra me curar do coronavírus?


Doutor, como eu faço pra me curar dessa doença coronavírus? É na verdade, é uma doença causada por vírus, ela não tem um tratamento específico, então como todos sabem, a imunidade do seu corpo que vai te curar dessa doença. Muitas pessoas desenvolvem de forma leve que não precisa de internação e algumas tem complicações que precisam de internação, mas não existe uma medicação hoje que você vai tomar e vai te curar direto da doença.




O coronavírus é uma gripe?


Oi. Eu gostaria de saber o que é o coronavírus, é uma gripe? O coronavirus é um vírus como de um outro resfriado, de uma outra gripe, que ele tem afinidade pelo sistema respiratório, ele vai atacar mais as vias aéreas, os pulmões, mas ele chama coronavirus por causa que aparência dele ele tem algumas pontas que lembram uma coroa, mas é um vírus respiratório.




A pessoa com coronavírus, que ficou de quarentena, ainda pode transmitir o vírus?


A pessoa foi diagnosticada com coronavírus e passou os 14 dias de quarentena. Ela ainda pode transmitir para outra pessoa? Na verdade, esse período de 14 dias é o período que foi estabelecido para você ficar isolado quando apresenta sintomas. Mas, efetivamente, se você tiver alguma complicação só uma testagem ou uma avaliação vai poder dizer a partir de quando você está liberado mesmo para o convívio social.




O tempo que o vírus permanece no corpo, muda de pessoa para pessoa?


Doutor Nélio, eu tenho uma pergunta. Com relação ao tempo que o vírus permanece no corpo, muda de pessoa para pessoa ou são 15 dias? O período de incubação do vírus, ele pode ser de 2 a 14 dias. Incubação significa o seguinte, desde o tempo em que o vírus entrou no seu corpo até quando você apresenta os sintomas, isso é muito variável de pessoa para pessoa.




Se eu pegar o telefone celular ou o documento de alguém, o que devo fazer?


E quando eu pegar o telefone celular de outra pessoa ou o documento de algum caminhão que é compartilhado com outra pessoa, o que devo fazer? É, na verdade, como todos sabem, o vírus pode ficar vivo em várias superfícies, então realmente tem que se higienizar as mãos mesmo depois que tocar os documentos.




Se eu encostar em uma pessoa contaminada e me higienizar, tenho chance de pegar o vírus?


Eu queria saber se eu tenho alguém contaminado, eu encostei perto daquela pessoa e se eu for lavar as minhas mãos com água e sabão e depois com álcool e gel. Eu tenho a chance de pegar o vírus? Mesmo tendo lavado as mãos, tirado a roupa e colocado para lavar. Eu tenho a chance de pegar o vírus? Muito bem, a chance é muito pequena porque você tomou todos os cuidados que devem se tomar quando tem contato com alguém.




Eu com coronavírus, sem sintomas, passo pra alguém da minha família?


Eu com coronavírus, sem sintomas, passo pra alguém da minha família? Eu queria saber se eu, com coronavírus, sem sintoma nenhum, eu passo pra alguém da minha família? Pode sim, enquanto a pessoa está assintomática mas ela já está contaminada ela pode transmitir o vírus.




Dr. Explica sobre a necessidade da quarentena


A importância de se levar a sério a quarentena é porque, assim, você vai evitar que muitas pessoas se contaminem ao mesmo tempo procurando um hospital e, dessa maneira, o hospital não vai ter vaga para atender os que procuram ou com complicações ou mesmo com sintomas mais leves. A ideia, então, é evitar a superlotação.




Se eu tomar a vacina da gripe eu fico livre do coronavirus?


Doutor, eu gostaria de saber se eu tomar a vacina da gripe eu fico livre do vírus do coronavirus? A vacinação contra a gripe, ela não vai te proteger contra o coronavirus, é um outro tipo de vírus que ainda não existe vacina. Só que a importância da vacinação É porque ela vai te impedir de pegar outros tipos de infecção de via aérea, que podem se confundir com o coronavirus fazendo você e procurar um hospital com a suspeita do coronavirus e acabar, além de lotando os serviços, acabar até tendo a chance de contrair o coronavirus por ter ido ao hospital por esse motivo.




O contato com a pele pode transmitir o vírus?


Então é a minha dúvida é o seguinte: lavando as mãos com água e sabão para se proteger do vírus ou passando álcool em gel 70% beleza, até aí beleza. Mas se eu não lavar a mão ou mesmo se eu lavar e eu tiver com vírus no punho ou nas mãos e eu não levar no rosto, esse vírus eu posso estar adquirindo ele mesmo ele na mão, sem passar no rosto? É, esse vírus não se transmite pela pele, se você não levar ele até o rosto, a boca, os olhos, o nariz, o contato simples com a pele não transmite o vírus.




Qual o melhor produto de limpeza para casa?


Doutor, a minha dúvida hoje é sobre a limpeza de casa. Eu gostaria de saber se com cândida, veja e detergente eu consigo eliminar o vírus da covid 19? Você pode usar todos os produtos de limpeza, mas o mais comprovadamente efetivo é a cândida diluída.




Se eu estiver assintomático e com boa imunidade, posso transmitir o vírus?


Então, eu queria saber se por a minha imunidade ser alta e uma pessoa que estiver do meu lado ser baixa, tem como, assim, eu não senti nada e eu não sentindo nada mesmo eu passar para ela, e ela sentir alguma coisa mais forte do que eu? Com certeza pode sim. Existem pessoas que tem a infecção de uma maneira assintomática, então o vírus está em você e a sua imunidade está combatendo ele, mas mesmo assim você pode ainda transmiti-lo.




Qualquer hospital pode receber uma pessoa com o coronavírus?


Doutor, eu gostaria de saber se qualquer hospital pode receber uma pessoa com o coronavírus? A princípio pode, mas o ideal e o que está sendo feito é quando tem o diagnóstico as pessoas serem transferidas para locais já específicos para atender exclusivamente os casos de coronavirus.




Quem já foi contaminado, pode se contaminar de novo?


A minha pergunta sobre o coronavírus é se uma pessoa que já foi contaminada se contamina de novo? Geralmente, quando você tem uma infecção viral, com uma gripe, como sarampo, você geralmente tem imunidade e não pega novamente. No caso do coronavirus ainda não se tem certeza, ainda está estudando, mas o que se sabe até agora é que se acontecer da pessoa pegar novamente, ela já vai ter uma certa imunidade e a segunda vez que ela pegar vai ser bem mais leve.




Quais os sintomas de uma pessoa diagnosticada com o coronavírus?


Eu gostaria de saber quais são os sintomas de uma pessoa diagnosticada com o coronavírus. Os sintomas mais comuns são os divulgados mesmo pela mídia, que são: febre, dor de garganta, tosse seca, dor no corpo e, no caso da complicação da doença, ocorre uma falta de ar mais severa.