Buscar
  • Rede + Comunicação

CRVR | Nova planta biotérmica em São Leopoldo

Chegou nesta terça-feira (15) a planta de captura e queima de biogás que faz parte da nova unidade da Biotérmica na UVS da CRVR em São Leopoldo.


O equipamento tem tecnologia italiana e chegou de navio no porto de Rio Grande indo direto para o aterro sanitário da CRVR em São Leopoldo. A planta faz parte da 1ª etapa do investimento em geração de energia limpa no município da região metropolitana e possibilitará a geração de energia elétrica para abastecer uma cidade de até 50 mil habitantes, além de evitar que 100 mil toneladas de CO2 contribua na ação do efeito estufa.


Esta será a segunda termoelétrica do tipo no Rio Grande do Sul, a primeira está instalada no aterro sanitário de Minas do Leão e em operação desde 2015. A CRVR e Biotérmica planejam um investimento de 40 milhões em quatro novas usinas no estado do Rio Grande do Sul que devem estar operando até 2021.


Segundo o gerente operacional da Biotérmica, Tiago Silva, a nova planta atenderá o contrato de crédito de carbono para a queima de o gás metano no flare. “A Biotérmica faz parte do programa de mudanças climáticas controlado pela ONU, e possui um contrato de 5 anos com o governo da Noruega para compensações de emissões de gases causadores do efeito estufa no país”, contou.


44 visualizações