Buscar
  • Rede + Comunicação

UVS Guamá | Deixa seu legado no Estado do Pará

Esta última semana foi um período cheio de conquistas para o UVS Guamá.


No dia 21 de novembro, a Unidade marcou presença no III Seminário sobre Meio Ambiente e Sustentabilidade na Região Metropolitana de Belém que ocorreu na Universidade Federal do Pará (UFPA). Abordando temas de meio ambiente, sustentabilidade, políticas públicas, educação ambiental, economia solidária, catadores e resíduos sólidos, Ana Rita, Gerente de Comunicação e Marketing da Solví, mostrou a aplicabilidade de ações, relacionadas aos temas, realizadas pela UVS por meio do Programa de Parceria Cidadã com a Sociedade.


Fechando com chave de ouro, os alunos do Projeto Uirapuru Mirim de Marituba – PA fizeram uma apresentação musical com o repertório ensaiado durante o projeto, finalizando com uma sessão de autógrafos no livro infantil “Guamarico, o Uirapuru Mirim do Pará", que traz ilustrações produzidas pelas crianças deste projeto e texto de Andréa Sargentelli. Os livros foram distribuídos gratuitamente para os participantes do seminário, mostrando a importância da educação pela arte para construção e desenvolvimento de uma cultura ambientalmente correta.

“Foi muito bom participar desta apresentação e ‘assinar’ os livros. Estou aprendendo bastante com esse projeto, a ter mais responsabilidade e a aprender junto com meus novos colegas”, declarou a estudante Emilly Souza, 7 anos, que participa do projeto.


Por último, e não menos importante, no dia 23 de novembro foi realizado o Dia do Voluntariado pela UVS Guamá, no Centro Comunitário Albatroz, em Marituba. A área, antes cercada de mato, foi transformada num espaço de lazer e recreação, que vai beneficiar mais de mil famílias que vivem no entorno.


Dezenas de pessoas entre voluntários da Guamá, comunitários, catadores de cooperativas de recicláveis e voluntários do Laboratório da Cidade participaram. Utilizando materiais reaproveitáveis como perna-manca, foram construídos bancos; com pneus foram construídos balanços e outros brinquedos criativos para as crianças, que também participaram do voluntariado. Foram plantadas 27 mudas de ipê e frutíferas de bacuri, ingá, manga e jambo, para sombrear o espaço, gerando mais conforto.


“Com estas ações, a gente contribui para melhorias na comunidade junto com eles e outros parceiros como catadores e voluntários do Laboratório da Cidade. É uma grande satisfação para Guamá”, comenta Alexandre Flores.


“A ação de revitalização contribui para o espírito comunitário, para a socialização e para aumentar a interação com a natureza. Também mostra que, com poucos recursos e muita criatividade, aproveitando materiais descartáveis, podemos transformar uma área que era vazia num espaço de recreação, que vai beneficiar muitas famílias. Estamos muito felizes em participar desta ação”, declarou Adriano de Carvalho, presidente da Associação Albatroz.


Uma semana de grandes frutos para a UVS Guamá!


21 visualizações