Buscar
  • Rede + Comunicação

UVS GUAMÁ – CONSELHEIROS DA RESERVA DA VIDA SILVESTRE

Na ultima sexta-feira 28/09, os Conselheiros da Reserva da Vida Silvestre (REVIS) estiveram na reserva para conhecer e receber o Plano de Gestão do Refúgio da Vida Silvestre Metrópole da Amazônia.


Refúgio de Vida Silvestre Metrópole da Amazônia (REVIS):

A Unidade tem como principal objetivo proteger ambientes naturais para que sejam asseguradas condições de existência ou reprodução de espécies ou comunidades da flora e da fauna residente ou migratória.


Também tem como missão contribuir para a manutenção dos serviços ambientais, bem como garantir os processos ecológicos naturais, além de conservar parte dos 31% restantes de florestas primárias da RMB, confirmando seu grande destaque para conservação ambiental no Estado.


O REVIS possui ecossistemas aquáticos (6,5%) que contemplam o rio Guamá, pequenos furos e igarapés; ecossistemas de terra firme (25,7%) que contemplam capoeiras, pastagens abandonadas, assim com as plantações de seringueira e urucum; e ecossistemas de várzea (67,8%), contemplando florestas preservadas.


Pesquisas realizadas na unidade apontaram várias espécies vegetais ameaçadas de extinção, como o acapu, o angelim, o cedro, a Castanheira do Pará e a ucuúba branca. A fauna é bastante diversificada, apresentando grande quantidade de macacos-de-cheiro, bem como pacas, veados-mateiros, tatus e capivaras. Existem ainda várias espécies de anfíbios e répteis.

Aproximadamente 28 famílias residem na unidade, as quais trabalham na extração do látex da seringueira, do urucum e do cacau, na pesca de subsistência e na exploração do açaí.


A UVS Guamá participa como conselheira a mais de dois anos, e como vizinha a unidade de conservação tem se colocado de forma aberta a contribuir para preservação da biodiversidade da Amazônia. Na visita foi apresentada as ruinas da antiga fábrica da Pirelle, escolas dos operários, igreja e o seringal.


0 visualização