Buscar
  • Rede + Comunicação

UVS Essencis Betim | CIPA UVS Essencis Betim é renovada

CIPA – Comissão Interna de Prevenção de Acidentes passa por semana de treinamento e é empossada para um ano de gestão e apoio à segurança na Essencis UVS Betim.

Segurança ocupacional é coisa séria. E a Essencis MG está a cada dia aperfeiçoando seus mecanismos de prevenção e mitigação de riscos. Um dos instrumentos mais importantes nesta área é a Comissão Interna de Prevenção de Acidentes - CIPA.


Por isso, em outubro, entre os dias 21 e 25 foi realizado o processo de escolha dos colaboradores que compuseram a nova Comissão da UVS Essencis Betim. A gestão 2019 / 2020 passou por treinamento teórico relacionado à NR 05 – Comissão Interna de Prevenção de Acidentes – CIPA.


Durante o treinamento, ministrado pelos Técnicos de Segurança do Trabalho, Sara Mesquita e Maurício Lopes, foram apresentadas as diretrizes para o bom funcionamento da Comissão, suas atribuições, responsabilidades e principalmente sobre o papel do “cipista” na busca por um ambiente de trabalho mais seguro e saudável. Num segundo momento, o treinamento passou por momentos práticos de noções de primeiros socorros, atendimento a emergências e salvamento. Os colaboradores simularam o atendimento à vítima de queda, imobilização e transporte da vítima. Ao fim do treinamento, os colaboradores foram agraciados com um delicioso lanche de confraternização.


Para nós Cipeiros, segurança é um desafio diário e temos o prazer de compartilhar essa responsabilidade, neste novo mandato.Trabalharemos para que essa gestão contribua para que o desempenho em Segurança e Saúde Ocupacional mantenha o alto nível alcançado na UVS Essencis Betim”, diz André Rezende, novo presidente da Comissão.


Para Cristiano Mendonça, vice-presidente da CIPA no novo mandato, “reforçar o conceito de 'parceria' entre Empresa, Cipa e colaboradores é de fundamental importância para a boa gestão da comissão. Assim, nosso foco será trazer o colaborador para nosso lado oferecendo soluções práticas, rápidas e que garantam a segurança e qualidade de vida do colaborador”, afirma.


Já Maurício Lopes, Técnico Segurança do Trabalho, fala sobre o trabalho dessa nova gestão. “A expectativa é que à cipa tenha sensibilidade, bom senso, sensatez, camaradagem para utilizar o cargo com sabedoria e perspicácia. Sempre na busca por ambientes de trabalhos seguros”, destaca.


Agora, é colocar em prática todos os ensinamentos. O trabalho prevencionista deve ser uma constante para o desempenho da Unidade e a manutenção da qualidade de vida dos colaboradores.


12 visualizações