Buscar
  • Rede + Comunicação

MANAUS AMBIENTAL PARTICIPA DO 8º FÓRUM MUNDIAL DA ÁGUA

Nos dias 10, 11 e 12 de maio a Manaus Ambiental participou do evento Preparatório inédito para o Fórum Mundial das Águas, no Tropical Hotel. Promovido pelo Conselho Federal de Engenharia e Agronomia (Confea)/Mútua parceria com o Conselho Regional (Crea-AM), a finalidade foi reunir contribuições da região Norte do País para o maior evento global sobre a água,  a ser realizado de 18 a 23 de março de 2018, pela primeira vez, no hemisfério Sul, mais precisamente em Brasília.

A abertura foi marcada pela Conferência "Impacto das Mudanças Climáticas nos Recursos Hídricos das Amazônias (brasileira e internacional). No dia 12, ocorreu a mesa-redonda "O Desafio para a Garantia de Acesso à Água de Qualidade" e logo em seguida, a palestra final foi sobre o 8° Fórum Mundial, com representante da organização do evento global. "Com este evento, pretendemos reposicionar a nossa região no centro da agenda internacional no que se refere às discussões de temas envolvendo os recursos naturais e sustentabilidade", frisou Guenka. 

Tivemos também, os palestrantes Pedro Scazufca e Álvaro Menezes (GO Associados) que trataram sobre "Sustentabilidade no fornecimento de água: a importância de utilização da rede pública de abastecimento e a preservação da água do aquífero subterrâneo em Manaus".

Este será o segundo dos sete preparatórios previstos para serem realizados em diferentes regiões do País pelo Sistema Confea/Crea e Mútua (Caixa de Assistência dos Profissionais). Segundo o presidente do Crea Amazonas, por meio dessa iniciativa, pretende-se reposicionar a Engenharia e Agronomia na sociedade na condição de área estratégica para o desenvolvimento sustentável do País.  

Sobre o 8° Fórum Mundial das Águas 

Criado em 1996, pelo Conselho Mundial da Água, o Fórum Mundial das Águas tornou-se um ambiente de discussão em nível mundial por meio do qual são estabelecidos compromissos políticos e incentivadas ações em todos os setores da sociedade. 

A edição 2018 do evento possui como tema central "Compartilhando água" e deverá reunir em torno de 30 mil representantes de mais de 100 países. O Fórum será estruturado em quatro processos: temático, discussões técnicas sobre o tema água em diversas vertentes; político, permitindo debate entre autoridades governamentais e parlamentares; regional, voltado à discussões das perspectivas sobre água nos diferentes continentes do mundo; e por fim, o grupo focal de sustentabilidade.

0 visualização0 comentário